CCX abrirá ação contra ex-executivo da empresa

0
2251
Planta de exploração de carvão da CCX - Divulgação

Ação já foi aprovada pelo conselho de administração e acusa ex-diretor presidente de malversação de fundos.

A empresa de mineração de carvão CCX divulgou na última segunda-feira, 27, que irá realizar uma assembleia geral extraordinária com os acionistas da empresa para a abertura ação de responsabilidade contra um ex-diretor-presidente da companhia.

Na sexta-feira, 23, foi divulgada a ata da reunião do conselho de administração realizada no mesmo dia. Já, na noite de ontem, foi apresentado o edital de convocação da assembleia geral extraordinária que será realizada no dia 12 de julho.

Ambos os documentos mencionam suspeitas de malversação de recursos da companhia por parte de Gunnar Gonzalez Pimentel, que atuava nos cargos de diretor-presidente e diretor de relações com investidores na companhia até abril. De acordo com a mineradora, a abertura de ação contra o ex-executivo foi aprovada pelo conselho de administração por unanimidade.

A CCX tem, atualmente, Eike Batista como maior acionista individual.

“Os membros do Conselho de Administração aprovaram, por unanimidade, a convocação da Assembleia Geral Extraordinária da Companhia, a ser realizada no dia 12 de julho de 2017, às 11h, na sede social da Companhia, para deliberar sobre a seguinte ordem do dia: (a) dar ciência à Assembleia Geral da Companhia, para os fins do Art. 158, § 4º, da Lei nº 6.404/1976, dos atos supostamente ilegais praticados pelo Sr. Gunnar Gonzalez Pimentel, ex-administrador da Companhia e de suas subsidiárias, ocupante dos cargos de Diretor Presidente e Diretor de Relações com Investidores da Companhia”, afirma ata da reunião do dia 23.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui