Fusão de Magnesita com RHI é aprovada

0
6088
Operação de fusão para criação da nova empresa deverá ser finalizada em outubro - Foto: Divulgação/RHI

Acionistas da companhia austríaca aprovaram em assembleia a criação da RHI-Magnesita que deverá ser líder do mercado mundial da indústria refratária.

A austríaca RHI aprovou, com 97% de adesão dos acionistas, a transação para fusão de ações da Magnesita e da RHI AG. Segundo informado em um comunicado na sexta, 4, esse é importante passo para a conclusão da negociação iniciada em outubro de 2016. As duas companhias pretendem que a RHI-Magnesita seja líder do mercado mundial da indústria refratária, oferecendo um maior leque de serviços e maior valor agregado.

A aprovação dos acionistas incluí a migração da RHI para a Holanda e, “a condição de que o exercício de direito de retirada estatutário pelos acionistas da RHI não excedesse a um montante de € 70 milhões”.

Para o diretor-presidente designado da RHI-Magnesita Stefan Borgas, a aprovação é uma forte sinalização para a continuidade do projeto. “Com este voto, nos foi dado um mandato claro para a combinação das duas empresas. A decisão dos acionistas abre caminho para uma nova e poderosa empresa, que lidera o mercado global de refratários e também o impulsiona com suas inovações “, comentou ele.

O conselho da futura RHI Magnesita será composto por 19 diretores e incluirá dois diretores executivos, o CEO designado Stefan Borgas e o designado CFO Octavio Lopes, bem como 17 diretores não executivos, seis dos quais serão representantes dos funcionários. Sete dos administradores não executivos restantes serão nomeados como conselheiros independentes.

De acordo com as companhias, em outubro, após a conclusão da transação, a administração eleita se concentrará na implementação das etapas de combinação entre a RHI e a Magnesita.

Até lá, ainda deverão ser atendidos requisitos europeus para a operação de fusão, sobre a venda de três usinas europeias, a admissão das ações da RHI Magnesita no segmento Premium da Official List, na Bolsa de Valores de Londres, e o planejamento detalhado das medidas de integração para a combinação das duas empresas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui