Vale tem rating elevado pela agência Moody’s

0
87
Moody's avalia que Vale colherá bons frutos com o projeto S11D no Pará - Foto: Salviano Machado / Agência Vale.

Robusto e repleto de tecnologia, Scania Heavy Tipper conta com duas versões e tem 5 mil horas de vida útil.

A mineradora Vale teve sua nota de crédito elevada pela agência de classificação de risco Moody’s, de Ba2 para Ba1 e de ‘Aa2’ para ‘Aaa’. A Moody’s mudou ainda a perspectiva de rating da companhia para estável, fator que fortalece o perfil de crédito da Vale, além de dar confiabilidade em relação à redução de dívida, geração de fluxo de caixa livre e posição de liquidez sólida da empresa.

A Moody’s disse acreditar em um futuro positivo da empresa, já que ela deve ser beneficiada pela “crescente eficiência operacional e pelo aumento dos níveis de produção à medida que a operação no S11D é executada, bem como pelas necessidades de investimentos de capital menores e redução dos pagamentos de dividendos, em comparação com anos anteriores”.

“A combinação dos níveis de dívida menores, capacidade de produção maior e custos operacionais mais baixos permitirá também que a companhia mantenha uma posição mais robusta contra volatilidade potencial dos preços das commodities”, afirma relatório divulgado pela agência.

A Moody’s ressalta que, sem grandes projetos de expansão planejados no curto e médio prazo, a Vale direcionará a geração de caixa forte para reduzir os níveis de dívida. A agência prevê que os níveis totais de dívida da companhia cairão de US$ 27,8 bilhões (valor registrado no final de junho) para níveis em torno de US$ 22 bilhões até o final de 2017.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui