Alunos do Senai desenvolvem espessador para mineração

1
3017
Alunos do Senai de Corumbá criam equipamento para atender às necessidades das indústrias de mineração do município - Foto: Divulgação / Senai.

Projeto será destinado às indústrias locais e oferece baixo custo de manutenção.

Alunos do curso técnico de mineração do Senai de Corumbá desenvolveram um espessador para a indústria de mineração da região. O equipamento é utilizado na separação de elementos sólidos dos elementos líquidos. O projeto foi criado por 15 estudantes e, além da separação de sólidos e líquidos, oferece economia no processo uma vez que, segundo os alunos, a manutenção do equipamento é de baixo custo.

De acordo com a coordenadora pedagógica do Senai de Corumbá, Andrea Eliza Porfiro, o trabalho tinha como tema a sustentabilidade. Ela afirma que o que mais chamou atenção foi o fato de os alunos terem trabalhado em equipe para a elaboração do equipamento. A máquina é utilizada para aumentar a concentração de sólidos de polpas até valores convenientes para operações subsequentes, como bombeamento, filtragem ou condicionamento com reagentes de flotação.

“Todos conheciam e participaram de todo o processo de desenvolvimento do espessador. Era uma engrenagem que estava em perfeita harmonia, coisa que não tínhamos observado em nenhum outro grupo”, afirmou Andrea.

Para o estudante Joílson de Arruda Pinheiro, o projeto foi desafiador, mesmo com todos do curso já tendo experiência na área. “Contamos com a ajuda dos mecânicos industriais aqui do Senai para colocar o espessador em funcionamento e foi um grande desafio. Apresentamos a parte teórica com todas as etapas da mineração, desde a pesquisa até a barragem, e finalizamos com a construção do espessador”, explicou.

Pinheiro ainda destaca que o projeto trouxe mais conhecimento para aperfeiçoar sua atuação na empresa em que atua. “Eu trabalho há oito anos com mineração, mas meu conhecimento era muito superficial e tinha noção apenas dos termos mais vulgares dos minérios. Agora já sei os termos técnicos e o que é cada minério. Além disso, trabalhar em equipe me trouxe um crescimento profissional que não teria de outra forma”, afirmou.

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui