CSN tem lucro de R$ 256 milhões no terceiro trimestre

0
1475
Foto: Reprodução.

Mesmo com resultados positivos, empresa apresenta queda na bolsa.

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) registrou lucro líquido de R$ 256 milhões no terceiro trimestre deste ano. O resultado é o melhor do ano e contribui para redução de dívida da empresa. Os dados do período ainda não foram auditados.

Até o momento, esse é o melhor resultado que a CSN apresentou em 2017. No primeiro trimestre, o lucro da companhia foi de R$ 118 milhões, enquanto o segundo trimestre registrou um prejuízo de R$ 640 milhões, também de acordo com os dados não auditados.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado para o terceiro trimestre foi de R$ 1,213 bilhão. Ao longo do trimestre, a companhia conseguiu reduzir sua dívida.

A relação de dívida líquida sobre Ebitda ajustado caiu de 7,4 vezes no final de setembro de 2016 para 5,5 vezes no fim do terceiro trimestre deste ano. Já o caixa da empresa recuou 23%, para R$ 4,36 bilhões, e o investimento da empresa caiu na mesma proporção, para R$ 293 milhões.

As vendas de aço em relação ao comparativo de 2016 subiram 11%, registrando 1,3 milhão de toneladas. No entanto, as vendas de minério de ferro recuaram 22% no período, para 7,95 milhões de toneladas.

Efeito

Conforme divulgado pela Revista Mineração, a companhia não divulga seus dados auditados desde o terceiro semestre de 2016. A empresa responsável pela auditoria é a Deloitte que não tem autorizado a empresa a divulgar seus balanços, por ter encontrado erros fiscais na operação Congonhas Minérios, em Minas Gerais.

Com o atraso na divulgação dos dados, a CSN apresentou queda na bolsa desta segunda-feira (30). As ações da empresa apresentaram queda de 0,9% no fim da manhã, enquanto o Ibovespa tinha desvalorização de 0,4%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui