Usiminas paga US$ 89,897 mi à bancos do Brasil e do Japão

1
6185
Foto: Usiminas/ Divulgação.

Companhia destinou metade de seu saldo para pagar parte das dívidas que se arrastam desde 2015.

Nessa sexta-feira (15), a Usiminas informou que pagou US$ 89,897 milhões de dólares à bancos brasileiros e japoneses. A quantia diz respeito à 50% do saldo principal da companhia, e paga parte das dívidas acumuladas.

O pagamento foi feito por notas emitidas pela subsidiária Usiminas Commercial e faz parte de uma renegociação de dívida com bancos e credores que dispensa a siderúrgica de fazer troca de bônus detidos por bancos japoneses e debenturistas (pessoas ou empresas com as quais a Usiminas tem dívida).

Em comunicado, a companhia afirmou que, com o pagamento, ela “supera mais uma importante etapa de sua reestruturação financeira junto aos Credores, com vistas à geração de resultados sustentáveis para a Companhia”.

No mês de novembro o presidente da empresa, Sérgio Leite, havia afirmado que a Usiminas já apresentava uma situação econômica equilibrada, e que o ritmo de produção estava normalizado.

A empresa acumula dívidas desde 2015, quando suas sócias majoritárias, Nippon Steel e Ternium iniciaram uma disputa pelas ações da empresa e passaram a discordar sobre grandes decisões. O conflito interno, levou a empresa a perder negócios e acumular débitos com bancos e investidores, além de ter passado por uma recuperação judicial em 2016.

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui