Empreendimento é para a exploração de níquel e cobalto, próximo aos depósitos da Vale e Anglo American.

A mineradora australiana Centaurus Metals comprou, na última sexta-feira (2), o projeto de níquel-cobalto Itapitanga, em São Félix do Xingu, no Pará. De acordo com comunicado divulgado pela companhia, o projeto possui um futuro promissor no setor de mineração de Carajás, localizado próximo dos depósitos de níquel-cobalto de classe mundial pertencentes às mineradoras Vale e Anglo American.

O empreendimento fica a 50 km da cidade paraense e o vendedor não foi revelado. A empresa obteve a compra integral dos direitos minerários pagando R$ 150 mil durante seis meses. Um dos acordos feitos é explorar o equivalente a R$ 150 mil durante o período de contrato.

Geólogos fazem estudo de campo na área adquirida pela empresa. Foto: Centaurus/ Divulgação.

Em nota, a Centaurus afirmou que, caso deseje continuar o uso do projeto, deverá paga R$ 500 mil para o vendedor. Se a opção não for continuar, a exploração ela devolverá o título junto com os dados da exploração durante os seis meses.

Se a empresa ficar com o projeto, pagará marcos associados à atividade de exploração de R$ 1 milhão na definição do padrão JORC, utilizado na Austrália para classificar recursos e reservas, e R$ 1,5 milhão na concessão de lavra pelo Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM).

Para a mineradora, a aquisição é estratégica e fortalecerá o portfólio de projetos existentes da empresa na região. O empreendimento Itapitanga se localiza na extensão da mineração que se estende ao sul do projeto de níquel (Ni) e cobalto (Cb) do Jacaré, da Anglo American, sendo um recurso mineral global de 307 milhões de toneladas.

Os geólogos da Centaurus confirmam que a mesma quantidade de mineração de laterita encontrados no projeto do Jacaré pode estar no de Itapitanga, só que com uma extensão de área menor. A empresa pretende iniciar um programa de amostragem de solos no projeto para confirmar larguras e teor da mineração observadas na superfície. Os primeiros resultados são esperados antes do final de fevereiro.

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui