Mineradora divulgou nesta quinta-feira que Litel é acionista a longo prazo.

A Vale negou, nesta quinta-feira (1º), que sua acionista Litel participações S.A (Litel), tenha feito qualquer oferta ou instrução para a venda de sua titularidade na mineradora.

A manifestação da empresa veio a partir de uma notícia divulgada pelo Jornal Estado de São Paulo sobre a Funcef, que faz parte da Litel, ter um rombo de R$ 3 bilhões e querer vender sua parte na Vale.

“A Litel afirmou, ainda, que é acionista de longo prazo da Vale e que qualquer alienação futura de sua participação acionária será realizada de forma ordenada, organizada e gradual, conforme já anunciado por seus acionistas em ocasiões anteriores”, informou a mineradora

*Sob supervisão de Sara Lira

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui