Empresa sai do setor de carvão para investir em outros empreendimentos.

A mineradora global Rio Tinto vendeu sua mina de carvão na Austrália por US$ 2,25 bilhões, não tendo mais operações no setor de carvão e aumentando sua habilidade de gerar maiores dividendos.

A venda da participação da mineradora na mina de Kestrel foi para a EMR Capital, uma gestora de fundos de capitais de investimento, e para a indonésia Adaro Energy, feita com um prêmio significativo, sendo o terceiro acordo da empresa no setor em março.

A Rio Tinto arrecadou US$ 4,15 bilhões com a venda dos ativos. A mineradora afirmou que os recursos seriam usados para propósitos corporativos gerais, que podem gerar maiores retornos para acionistas.

O presidente da Rio Tinto, Jean-Sebastien Jacques, disse por meio de nota, que a venda mais recente combinada à compra da mina Hail Creek pela Glencore e ao desinvestimento de projetos não desenvolvidos de carvão tornaria o portfólio da mineradora mais forte.

Com informações da Reuters

*Sob supervisão de Sara Lira

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui