Paralisação será de 7 de maio a 20 de julho.

Após a Anglo American anunciar férias coletivas de 30 dias para 766 empregados no dia 17 de abril, nesta terça-feira (24) foi a vez da CSN Mineração comunicar que também concederá férias coletivas para cerca de 400 funcionários.

De acordo com informações divulgadas pela assessoria de imprensa da companhia, a paralisação começa no dia 7 de maio e está prevista para terminar em 20 de julho, em períodos sucessivos de 15 dias, aos empregados que trabalham nos processos de beneficiamento de minério e carregamento.

Segundo a nota, cerca de 400 empregados serão atingidos pela ação. “Esta medida considera as reiteradas limitações impostas ao processo produtivo nos últimos meses, que trouxeram a necessidade de adequação das instalações e implementação de novos projetos”, informou.

Por recomendação do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), no final de 2017 a empresa precisou realizar obras para conter vazamentos no dique de Sela, na mina Casa de Pedra, em Congonhas (MG). No mês de abril desse ano, o MPMG atestou a segurança da estrutura.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui