Com crescimento, país registrou um superávit comercial de US$ 28,78 bilhões.

As exportações da China mostraram recuperação no mês de abril, após queda significativa no mês anterior. De acordo com informações da agência de notícias Reuters, os dados sugerem que a demanda global continua resiliente em meio à disputa comercial com os Estados Unidos.

No total houve um aumento de 12,9% nas exportações em relação ao ano anterior, superando a expectativa de analistas de alta de 6,3%, após queda de 2,7% em março

“Os embarques ainda parecem fortes, mas os dados de hoje indicam uma diminuição na demanda externa recentemente”, escreveu em nota à Reuters, o economista sênior da Capital Economics Julian Evans-Pritchard, estimando que as exportações em volume podem ter caído na base mensal.

Importações

Os dados também foram positivos no que se refere às importações no mês, sinalizando crescimento na demanda doméstica chinesa. Houve um crescimento de 21,5% em relação ao mesmo período de 2017, superando a expectativa de crescimento de 16%, e acelerando em relação a alta de 14,4% no mês anterior.

No balanço total, a China registrou um superávit comercial de US$ 28,78 bilhões em abril, contra expectativa de US$ 24,7 bilhões.

Com informações da Reuters.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui