Empresa atribui resultado positivo ao término de manutenções e ao início das operações do FPSO P-74.

Após cair por dois meses consecutivos, a produção de petróleo e gás da Petrobras registrou aumento em abril. Conforme balanço mensal divulgado pela empresa na noite de quarta-feira (16), a produção total, incluindo líquidos de gás natural, foi de 2,68 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed), sendo 2,59 milhões boed produzidos no Brasil e 95 mil boed no exterior. Para efeitos de comparação, em março, a produção total foi de 2,66 milhões de boed. Reunindo a parcela operada pela companhia e por parceiros no país e fora dele, foram produzidos 3,33 milhões de boed.

No Brasil, a produção média de petróleo foi de 2,09 milhões de barris por dia (bpd), volume 1% superior ao do mês anterior. Conforme a petrolífera, o resultado positivo se deve ao término de manutenções em equipamentos no FPSO Cidade de Angra dos Reis, no campo de Lula, e ao início de produção do FPSO P-74, no campo de Búzios. As duas plataformas operam no pré-sal da Bacia de Santos.

Já a produção de gás natural, excluído o volume liquefeito, foi de 79 milhões de metros cúbicos por dia (m3/d), 1,2% acima do mês de março.

Campos fora do Brasil

A produção no exterior, no entanto, apresentou queda. A de petróleo caiu 5% em relação a março, com 58 mil bpd, e a de gás natural recuou 1,6%, com 6,3 milhões de m³/d. “A redução ocorreu, principalmente, em função de manutenções nos campos de Saint Malo e Lucius, nos EUA”, informou a Petrobras, por meio de nota.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui