No acumulado do período foram produzidas mais de 11 milhões de toneladas, conforme levantamento do Instituto Aço Brasil.

A produção brasileira de aço bruto atingiu um volume de 11,6 milhões de toneladas nos quatro primeiros meses de 2018, volume que representa um aumento de 4,1% em relação ao mesmo período de 2017. Os dados são do balanço quadrimestral divulgado pelo Instituto Aço Brasil nesta terça-feira (22).

Segundo o documento, a produção de laminados também aumentou 7,1% comparado aos quatro primeiros meses do ano passado, com uma quantidade de 7,8 milhões de toneladas.

Por outro lado, a produção de semiacabados para vendas caiu 0,1% no período, totalizando 3,1 milhões de toneladas.

Já as vendas internas foram de 5,9 milhões de toneladas de janeiro a abril, elevação de 14,7% e o consumo aparente nacional de produtos siderúrgicos foi de 6,7 milhões de toneladas, alta de 13,4% em relação aos quatro primeiros meses do ano passado.

Exportações e importações

As importações de produtos siderúrgicos atingiram um valor de US$ 872 milhões, alta de 29,2% em relação ao mesmo período de 2017. Em volume foram registradas 791 milhões de toneladas, aumento de 0,1% em relação ao mesmo período do ano passado.

Já as exportações chegaram a 4,7 milhões de toneladas no quadrimestre, aumento de 0,6% comparado aos quatro primeiros meses do ano passado. Elas geraram US$ 2,9 bilhões, crescimento de 23,9%.

Abril

O documento do Instituto Aço Brasil também mostrou dados da produção siderúrgica brasileira de abril. No mês foram produzidas 2,9 milhões de toneladas, aumento de 1,9% em relação a abril de 2017. Já a de laminados atingiu 2,0 milhões de toneladas, índice 6,4% maior que o mesmo mês no ano passado.

No entanto, a produção de semiacabados apresentou recuo de 8,2% comparado com abril de 2017, com um volume de 773 mil toneladas.

As vendas internas cresceram 24,9% em relação a abril de 2017, com um volume de 1,5 milhão de toneladas. Também apresentou crescimento o consumo aparente de produtos siderúrgicos, de 1,7 milhão de toneladas, o que equivale a 25,9% a mais do que o mesmo mês do ano passado.

Já as importações de abril foram de 203 mil toneladas e US$ 226 milhões, alta de 31,8% no que se refere a volume e 48,7% de valor. As exportações atingiram um crescimento de 32,9% em abril, com 1,1 milhão de toneladas, gerando um total de US$ 706 milhões, quantia 54,4% superior ao mesmo mês de 2017.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui