Compras de cobre, no entanto, apresentaram alta.

Dados divulgados pela Administração Geral de Alfândega da China nesta sexta-feira (13) mostram que as importações de petróleo e minério de ferro do país apresentaram queda no mês de junho, em comparação com o mesmo mês do ano passado.

Com relação às compras de petróleo bruto, houve decréscimo de 4,9% no mês passado, com 35,35 milhões de toneladas a menos. Já as importações de minério de ferro caíram 12%, a 83,24 milhões de toneladas. Por outro lado, houve crescimento nas importações de cobre, no índice de 15%, a 448 mil toneladas.

Já as exportações chinesas de petróleo bruto foram de 210 mil toneladas, queda de 34% em relação ao mesmo mês de 2017.

Semestre

Nos primeiros seis meses, as importações de petróleo do país asiático aumentaram 5,8%, a 224,82 milhões de toneladas. Já as de minério de ferro caíram 1,6%, a 530,69 milhões de toneladas. As exportações apresentaram queda de 41,5%, a 1,57 milhão de toneladas. As de cobre, mais uma vez, cresceram a um índice de 16%, a 2,60 milhões de toneladas.

Com informações de Estadão Conteúdo.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui