Saldo é resultado de exportações de US$ 5,389 bilhões e importações de US$ 3,707 bilhões.

A balança comercial brasileira registrou um superávit de US$ 1,682 bilhão na terceira semana de agosto. De acordo com informações divulgadas pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), o resultado se deve às exportações no valor de US$ 5,389 bilhões e importações de US$ 3,707 bilhões. A média das exportações no período alcançou a marca de US$ 1,078 bilhão, 26% acima da média de US$ 855,6 milhões registrados até a 2ª semana.

O crescimento foi impulsionado pelas vendas externas em três categorias de produtos: manufaturados (33,4%, em razão, principalmente, de aviões, aquecedores, secadores e partes, veículos de carga, óxidos e hidróxidos de alumínio, motores para veículos, tubos flexíveis de ferro e aço), básicos (25,8%, puxado por petróleo em bruto, soja em grãos, café em grãos, minério de cobre, cinzas e resíduos de metais preciosos) e semimanufaturados (1%, em razão de celulose, ferro-ligas, couros e peles, madeira em estilhas, estanho em bruto e catodos de cobre).

Já as importações (US$ 741,4 milhões) apresentaram aumento de 2,7% em relação à média até a segunda semana (US$ 721,7 milhões), principalmente devido ao crescimento nos gastos com aeronaves e peças, combustíveis e lubrificantes, veículos automóveis e partes, cereais e produtos da indústria da moagem e químicos orgânicos e inorgânicos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui