Empresa também espera ampliar mercado, principalmente na Ásia.

As exportações de petróleo da Petrobras devem aumentar em 2019. De acordo com a agência de notícias Reuters, o presidente da estatal, Ivan Monteiro, destacou sobre a expectativa durante seminário na Fundação Getúlio Vargas, onde também afirmou que a empresa está aumentando a atuação no exterior para desenvolver mais mercado, principalmente na Ásia.

“A Petrobras se tornou uma empresa exportadora de petróleo e ano que vem esse volume exportado aumentará bastante. Estamos em Cingapura para desenvolver mercado, conhecer novos clientes, vender mais e assim é pautada a atuação da Petrobras no exterior”, disse Monteiro, durante o evento.

Uma das ações que mostram a proximidade da estatal com países asiáticos foi a parceria com a China National Oil and Gas Exploration and Development Company (“CNODC”), subsidiária da CNPC na assinatura do acordo que prevê o desenvolvimento de estudos de viabilidade para avaliação técnica do estado atual do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj).

O acordo também prevê a criação de uma joint venture no segmento de Exploração e Produção, que irá contar com a participação de 20% da CNPC o cluster de Marlim (concessões de Marlim, Voador, Marlim Sul e Marlim Leste), na Bacia de Campos.

Em ambos os negócios a Petrobras ficaria com 80% de participação e a CNPC com 20%.

Com informações da Reuters.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui