Rússia e Arábia Saudita querem elevar produção de petróleo

0
3995
Foto: Wikimedia.

Ameaça é uma forma de retaliação após pressão dos Estados Unidos.

A Arábia Saudita e a Rússia planejam aumentar a produção de petróleo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) e aliados para cerca de um milhão de barris por dia. Conforme informações da agência de notícias Reuters, a medida é uma forma de retaliação aos Estados Unidos.

De acordo com o secretário-geral da Opep, Mohammad Barkindo, a organização planeja o aumento após críticas do presidente norte-americano, Donald Trump, no Twitter. Na postagem publicada no mês passado, Trump escreveu que a Opep havia “artificialmente” impulsionado os preços do petróleo.

Segundo fontes do setor ouvidas pela Reuters, os dois países planejam implementar o aumento de forma gradual, para não abalar o mercado. O aumento da produção viria após 17 meses de cortes na oferta, em meio a preocupações de que um rali dos preços tenha sido exagerado, com o petróleo chegando ao maior nível desde 2014, a US$ 80 por barril neste mês de maio.

A Opep havia concordado em reduzir a produção em cerca de 1,8 milhão de barris por dia até 2018, para, assim, diminuir os estoques mundiais.

Com informações da Reuters.