Após decisão judicial, Vale retoma produção de níquel em Onça Puma

103
Planta Onça Puma - Foto: Agência Vale

Decisão liminar concedida pela Justiça garantiu à Vale a retomada da produção de níquel no Pará.

A Vale informou nesta quinta-feira (07/10) que a Juíza da 3ª Vara de Fazenda da Comarca de Belém, no Pará, concedeu decisão liminar favorável ao mandado de segurança impetrado pela companhia contra a suspensão da licença de operação da mina Onça Puma, em Ourilândia do Norte (PA), pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), que alegou descumprimento de condicionantes da licença.

Segundo comunicado da Vale, a decisão da juíza da 3ª Vara determina o restabelecimento da vigência e validade da licença de operação da mina e o retorno imediato das atividades de mineração. A Semas havia suspendido a licença de operação da mina na sexta-feira (01/10) e na segunda (04/10) a Vale informou ao mercado a paralisação das atividades.

“Desta forma, a Vale retoma, imediatamente, as operações na mina de Onça Puma”, informa o comunicado.

 

 

Voltar