Funcionários da Anglo American entram em layoff

3514
Assembleia onde funcionários da Anglo American aprovaram proposta da empresa. Foto: Sindicato Metabase/ Divulgação.

Decisão foi acertada em reunião com o sindicato que representa a categoria. Mineroduto está com atividades paralisadas devido a dois vazamentos.

Aproximadamente mil Funcionários do Minas-Rio, da Anglo American, entrarão em layoff (suspensão temporária do contrato de trabalho). A decisão foi tomada em assembleia realizada nesta quinta-feira (3) entre a diretoria do Sindicato Metabase de Itabira e Região e representantes da Anglo American.

Os empregados já estavam de férias coletivas desde o dia 17 de abril devido a manutenção e análise em andamento no mineroduto. As atividades da planta foram paralisadas após dois vazamentos ocorridos nos dias 12 e 28 de março.

Segundo o Metabase, a proposta da empresa é fixar em 100% o salário nominal, mantendo todos os benefícios do acordo coletivo. A companhia também vai apresentar uma grade de treinamentos para qualificação, com garantia de alimentação e transporte dos trabalhadores para os locais dos treinamentos e, além disso, o cronograma das obras do step 3 também será mantido.

A assembleia, cuja proposta foi apresentada, foi realizada em Conceição do Mato Dentro (MG), contando com a presença de 619 trabalhadores, dos quais 573 votaram a favor. Os demais votos se dividiram entre contrários, abstenções ou branco.

De acordo com o presidente do Metabase, Paulo Soares, a principal bandeira do Sindicato é a defesa dos postos de trabalho, a geração de emprego e renda, que gerem desenvolvimento econômico e social para Conceição do Mato Dentro e Região. “Por isso, o Sindicato Metabase manteve em todas as reuniões o foco nas principais preocupações: a remuneração dos trabalhadores no período de layoff, a manutenção dos postos de trabalho e a empregabilidade”, disse.

Em nota, a Anglo American confirmou o layoff, mas não bateu o martelo quanto à quantidade de funcionários atingida pela medida. A companhia destacou que o número está sendo fechado e deve ser divulgado na próxima semana.

“Essa é uma medida temporária, necessária para o período de inspeção e garantia de segurança para a volta da operação do mineroduto. O Minas-Rio continua sendo um projeto competitivo, com um produto de qualidade e alta demanda no mercado internacional de minério de ferro”, informou a empresa.

Atualizada às 16h40.