ANM faz a maior apreensão de minério de manganês ilegal da história

0
374
Galpão com manganês apreendido em Vila do Conde (PA) - Foto: Divulgação / Ministério da Defesa.

Todo volume apreendido no Pará seria embarcado para a China.

Mais de 146 mil toneladas de minério de manganês ilegal foram apreendidas pela Agência Nacional de Mineração no último sábado (24/10), no porto de exportações em Vila do Conde, em Barcarena, no Pará. O material, avaliado em R$ 73 milhões, é a maior apreensão já feita pela ANM.

O destino dos 186 contêineres era a China. Todo o minério apreendido era de origem ilegal, extraídos no Pará e vendidos com notas fiscais “esquentadas” por empresas que possuem títulos autorizativos de lavra.

O minério de manganês é considerado material essencial na fabricação de ligas metálicas, combinado, especialmente com o ferro, na produção de aço. Pode ser utilizado ainda em ligas de cobre, zinco, alumínio, estanho e chumbo.

Batizada de Ágata Norte, a operação contou com ação conjunta de mais de 100 fuzileiros navais, 33 policiais federais, além de auditores da Receita Federal e fiscais do Ibama e da Agência Nacional de Mineração (ANM). A operação mirou, ainda, a fiscalização em rios e portos.

 

Por Ascom – Ministério da Defesa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui