Investimento é destinado à expansão da mina, que atualmente é o único depósito de urânio do mundo.

A mineradora BHP planeja investir mais de AU$ 600 milhões na mina Olympic Dam, na Austrália. Em comunicado divulgado na manhã de hoje, 4, o presidente de ativos da mina, Jacqui McGill, afirmou que, do segundo semestre de 2016 para o semestre atual, a Olympic Dam teve 49 projetos de execução.

“Isso representa o investimento mais significativo que já fizemos em nossas operações no sul da Austrália. E esses investimentos – em nossa infraestrutura subterrânea e operações de processamento acima do solo – ajudarão a construir as bases para um crescimento em longo prazo, seguro, estável e sustentável na represa olímpica”, explica McGill. De acordo com ele, o investimento garantirá que a operação seja mais moderna, confiável e possa suportar o processamento de toneladas adicionais nos próximos exercícios.

A mina Olympic Dam é uma grande mina subterrânea poli-metálica localizada no sul da Austrália. Atualmente, é o quarto maior depósito de cobre e o maior depósito conhecido de urânio no mundo, embora o cobre seja o maior contribuinte para a receita total. McGill destacou que o local teve mais programas de trabalho em execução neste ano financeiro do que qualquer outra operação da BHP na Austrália.

“Quarenta desses projetos estão sendo apoiados pelo novo modelo funcional-regional da BHP, o que significa que a Olympic Dam pode aproveitar a incrível experiência da equipe da BHP Minerals Australia”, afirmou.

O investimento de capital de AU$ 600 milhões é dividido em três áreas-chave na represa olímpica: cerca de 20% do investimento apoia a expansão subterrânea na região da mina Sul, incluindo frota adicional, telecomunicações, aumento de furos, energia e outros serviços. Quase 40% será destinado ao desenvolvimento subterrâneo da mina Norte. Conforme anunciado, os 40% restantes são direcionados a uma ampla gama de infra-estrutura e outros programas no local.

Para apoiar o trabalho adicional na represa olímpica, McGill disse que a empresa estava recrutando novos funcionários. “Além de alavancar a experiência de nossos colegas da BHP internamente, também estamos aumentando números em nosso esquadrão da Barragem Olímpica, para que possamos ter uma força de trabalho mais diversificada e representativa das comunidades em que atuamos. Tenho orgulho de, nos últimos 12 meses, ter aumentado em 20% o recrutamento de novos empregados”, explica o presidente de ativos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui