Companhias planejam ampliar, juntas, reservas de campos maduros em águas profundas.

A Petrobrás assinou na última sexta-feira, dia 29 de setembro, um acordo preliminar com a empresa norueguesa Statoil. No acordo fechado, Petrobrás e Statoil reafirmaram a intenção de trabalhar em parceria, tendo como objetivo ampliar as reservas de campos maduros em águas profundas, com foco inicial na região do pós-sal da Bacia de Campos.

O acordo preliminar é uma forma de continuidade ao documento “Memorando de Entendimento” firmado em 30 de agosto de 2016. No documento em questão, as duas empresas haviam firmado o compromisso de avaliar oportunidades de cooperação, alinhadas às estratégias empresariais de cada uma.

O acordo estabelece os princípios gerais do “Acordo de Cooperação Técnica”, visando o aumento da produção de óleo e do fator de recuperação dos campos envolvidos na parceria.

Segundo a Petrobrás, ambas empresas, que já são parceiras em dez blocos em fase de exploração no Brasil, buscam otimizar o aproveitamento do gás natural, incluindo a área do BM-C-33, no qual a Statoil é a operadora. Dessa forma, o acordo contempla ainda os princípios gerais para o compartilhamento da infraestrutura de gás da Bacia de Campos.

“Cabe destacar que nós e a Statoil apresentamos grande alinhamento em nossos objetivos estratégicos e somaremos esforços para que todos os contratos relacionados a essa parceria estratégica sejam submetidos às respectivas instâncias de aprovação e celebrados até o final deste ano”, afirma a Petrobrás.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui