Rússia e Arábia Saudita cooperam no setor do petróleo

0
7100
Foto: Wikimedia.

Os dois países buscam equilibrar o mercado, garantindo que demais produtores mantenham sua produção baixa.

Os dois maiores produtores de petróleo do mundo, Arábia Saudita e Rússia (respectivamente) concordaram em cooperar para o mercado internacional. Segundo a agência de notícias Reuters, o rei da Arábia Saudita, Salman, e o presidente da Rússia, Vladimir Putin, conversaram nessa quinta-feira (21) por telefone e resolveram manter uma relação de colaboração.

O objetivo do bom relacionamento entre os dois países é de assegurar a estabilidade nos mercados globais de hidrocarbonetos, afirmou o governo da Rússia em comunicado.

Segundo o site internacional de notícias Sputnik, no mês de novembro representantes dos dois países assinaram um documento como uma forma de “sinal positivo à imprensa” em relação ao mercado internacional do petróleo.

O documento era um roteiro energético assinado pelo Ministério da Energia da Rússia e pelo Ministério da Energia, Indústria e Recursos Minerais da Arábia Saudita.

Na época, os países ressaltaram a importância da relação entre si para equilibrar o mercado de petróleo e reduzir os níveis das reservas mundiais de petróleo comercial por meio de acordos entre a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) e os países que não pertencem à OPEP.

O que foi acordado no período era que os países da OPEP e outros produtores reduzissem a produção em 1,8 milhão de barris por dia (bpd) até o fim de 2018, para acabar com o excesso de petróleo global acumulado desde 2014. No final de novembro, a organização registrou uma queda de 300 mil barris por dia.

Tanto a Rússia quanto a Arábia Saudita decidiram unir os esforços para garantir que todos os países que assinaram o acordo respeitem seus compromissos.

Com informações da Reuters. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui