No total, 121,32 milhões de toneladas devem ser importados.

A China emitiu cotas de importação de petróleo que totalizam 121,32 milhões de toneladas, direcionadas para 44 empresas em 2018. As informações foram obtidas pela agência de notícias Reuters.

De acordo com a Reuters, a estatal ChemChina tem a maior cota, de 16,67 milhões. Em segundo lugar vem a North Huajin Chemical Industries Group, com 7,47 milhões de toneladas.

As importações da China deverão atingir novo recorde em 2018, já que novas capacidades estão sendo inseridas, e Pequim permite que refinadores mais independentes importem petróleo, com um forte crescimento da demanda ajudando a suportar os preços globais do petróleo.

O volume total alocado, que equivale a 2,43 milhões de barris por dia, é inferior aos 142,42 milhões de toneladas anunciados pelo Ministério do Comércio em novembro para 2018.

Com informações da Reuters.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui