Tensão comercial com os Estados Unidos tem influenciado nos contratos siderúrgicos e de mineração.

Os contratos futuros do aço na China fecharam em queda pelo terceiro dia seguido nesta quinta-feira (21). Conforme informações da agência de notícias Reuters, um dos motivos é a disputa comercial entre o país asiático e os Estados Unidos.

O contrato para outubro do vergalhão de aço mais ativo na Bolsa de Xangai, finalizou em queda de 0,4%, a 3.773 iuanes por tonelada, o equivalente a US$ 580, após subir 1,5%.

Por outro lado, o contrato de minério de ferro mais negociado na Bolsa de Dalian, para setembro, subiu 0,2%, fechando em 453 iuanes por tonelada. O valor é superior à máxima do dia, de 460,50 iuanes. Já o minério de ferro no porto de Qingdao recuou 0,93%, para US$ 64,88 por tonelada.

Segundo a Reuters, o ministério do Comércio chinês acusou os EUA de serem “temperamentais” em relação a questões comerciais bilaterais e alertou que os interesses dos trabalhadores e agricultores norte-americanos ficarão prejudicados.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui