Ibovespa subiu nesta segunda-feira e dólar apresentou queda, após resultado das eleições.

O mercado financeiro reagiu de forma positiva ao desempenho do candidato Jair Bolsonaro (PSL) nas eleições presidenciais deste domingo (7). Ele obteve 46,03% dos votos, seguido por Fernando Haddad (PT), com 29,28% da preferência dos eleitores. Eles se enfrentam no segundo turno, no dia 28 de outubro.

No início desta segunda-feira (8), o Ibovespa disparava 6% nos primeiros negócios, de acordo com informações da agência de notícias Reuters. Às 10h22, o índice de referência do mercado acionário brasileiro subia 6,04%, a 87.291,77 pontos.

O dólar também reagiu bem ao resultado das eleições. Ele chegou a encostar em R$ 3,70 no início da manhã e, às 11h57, recuava 2,67%, a R$ 3,7541 na venda, depois de ter batido na mínima da sessão R$ 3,7094.

Na sexta-feira (5), antes da votação, a moeda chegou a R$ 3,8570, tendo encerrado a semana com queda acumulada de 4,46%, maior recurso semanal desde março de 2016, segundo a Reuters.

“O desempenho de Bolsonaro no primeiro turno o mantém como favorito na disputa, seja pela votação recebida — muito próxima dos 50% — seja pelo quadro das disputas nos Estados ou ainda pela equiparação de armas na campanha de segundo turno”, escreveu a corretora XP investimentos.

A preferência do mercado por Bolsonaro se deve, em grande parte, pelo coordenador econômico da campanha do presidenciável, o economista liberal Paulo Guedes.

Com informações da Reuters.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui