Outras 139 pessoas permanecem desaparecidas. Buscas continuam pelo 27º dia.

O número de mortos pelo rompimento da barragem da Vale em Brumadinho (MG), no dia 25 de janeiro, chegou a 171 nesta quarta-feira (20). De acordo com levantamento da Defesa Civil estadual, permanecem desaparecidas 139 pessoas.

As buscas seguem sendo feitas pelo Corpo de Bombeiros em dez áreas onde a lama se espalhou. Hoje eles atuam com um efetivo de 121 militares que contam com o auxílio de 52 máquinas e equipamentos, quatro aeronaves e quatro cães farejadores.

A barragem da mina Córrego do Feijão se rompeu no horário do almoço, derramando cerca de 12 milhões de metros cúbicos de rejeitos. O material atingiu a área administrativa da empresa, comunidades próximas, uma pousada e o Rio Paraopeba.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui