Mineradora Anglo American completa 100 anos

0
4753
Ruben Fernandes, presidente da Anglo American no Brasil - Foto: Nereu Jr.

Grupo comemora centenário com comunidades envolvidas em suas atividades.

No ano de 2017, o Grupo Anglo American completa 100 anos de atuação no mundo e para celebrar, a companhia está realizando, no Brasil, diversas atividades para seus funcionários e também para as comunidades onde atua.

Os municípios de Conceição do Mato Dentro (MG), onde está a mina e a usina do Sistema Minas-Rio, e de Barro Alto e Niquelândia (GO), onde ficam as operações de ferroníquel, participam de ações como cinema ao ar livre.

Nos dias 7 e 8 de outubro, Conceição do Mato Dentro teve sessões com exibição de curta-metragem sobre a história de vida dos moradores locais e a relação com a região. Já os moradores de Barro Alto e Niquelândia também terão sessões especiais de cinema ao ar livre, mas as datas ainda serão confirmadas.

Exposibram

Já durante a Exposibram, que aconteceu em Belo Horizonte entre os dias 18 e 21 de setembro, a Anglo American também comemorou seu aniversário. No evento, o presidente da Anglo American no Brasil, Ruben Fernandes, falou sobre o futuro da mineração.

“Se nos propomos a olhar rapidamente para trás é para ter a certeza que podemos olhar pra frente, usar o aprendizado e experiência para caminhar rumo ao futuro. O convite que esta celebração nos faz é à imaginação. Imagine a mineração que você quer ver no futuro. Imagine tecnologias que garantam operações mais seguras e sem impactos ambientais”, comentou.

História

A Anglo American foi fundada em 1917 em Joanesburgo na África do Sul, com uma mina de ouro. Segundo a empresa, durante a década de 1930 a companhia descobriu como utilizar diamantes de baixa qualidade em equipamentos de perfuração e começou a construir sua sede na África do Sul.

Já durante a década de 1940, o grupo passou a ter negócios na área do carvão e nos anos seguintes passou a investir em pesquisa e tecnologia e a diversificar seu catálogo. A empresa chegou ao Brasil no ano de 1973, e desde então desenvolveu negócios de ouro, níquel, nióbio, fosfatos e minério de ferro em território brasileiro.

“Atualmente, a Anglo American produz cerca de 16 milhões de toneladas de minério de ferro por ano no Brasil. A produção se dá por meio do Minas-Rio, empreendimento que está em fase de ramp-up e que possui capacidade para 26,5 milhões de toneladas de produção. A empresa produz, ainda, cerca 45 mil toneladas de ferroníquel com duas operações no estado de Goiás (Barro Alto e Niquelândia)”, explica a empresa em texto de divulgação do centenário.