Dados foram divulgados pela ANP na última terça-feira (3).

Em 2017 foram declarados 12,835 bilhões de barris de petróleo em reservas provadas (1P) e 23,630 bilhões de reservas provadas, prováveis e possíveis (3P). Os dados correspondem a um aumento de 1% e 4%, respectivamente, em comparação a 2016.

As informações foram divulgadas no Boletim de Recursos e Reservas de Petróleo e Gás Natural relativo a 2017, da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Com relação ao gás natural, foram declarados 369,918 bilhões de metros cúbicos de reservas 1P e 609,213 bilhões de m³ de reservas 3P. O produto teve redução de 2% e 5%, respectivamente, na comparação com o ano anterior.

De acordo com a ANP as mudanças ocorridas no volume de reserva de petróleo são devido à produtividade durante o ano, reservas adicionais e oriundas de novos projetos de desenvolvimento e revisão das reservas dos campos por diferentes fatores técnicos e econômicos.

Em 2017, foram produzidos no Brasil aproximadamente 957 milhões de barris de petróleo e 40 bilhões de metros cúbicos de gás natural.

O Boletim de Recursos e Reservas de Petróleo e Gás Natural 2017 está disponível na página da ANP.

*Sob supervisão de Sara Lira

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui