Vale tem até o dia 12 para apresentar nova proposta ao governo mineiro

0
212
O presidente Gilson Soares Lemes deferiu, a pedido da Vale, a extensão do prazo para apresentação de uma nova proposta de acordo. / Foto: Cecília Pederzoli (TJMG)

Mineradora solicitou ao TJMG a extensão do prazo para tentar novamente um acordo com o Governo de Minas.

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) estendeu em 15 dias o prazo de negociações entre o Governo de Minas Gerais e a Vale a respeito das indenizações para reparar danos causados pelo rompimento da barragem em Brumadinho.

A decisão foi tomada pelo presidente do TJMG, desembargador Gilson Soares Lemes, numa reunião ocorrida na última sexta (29/01), com representantes do Estado e da mineradora. Sendo assim, o prazo para que a empresa apresente de fato uma nova proposta é até o dia 12 de fevereiro.

No dia 21 do mês passado, em uma outra reunião com ambas as partes, a conversa terminou sem acordo. O governo de MG segue solicitando o valor de R$ 54 bilhões pelos danos econômicos e morais, mas a Vale chegou a apresentar proposta de R$ 29 bilhões, segundo fontes próximas. Sem um acordo o processo voltará para a primeira instância e caberá ao Juiz Elton Pupo Nogueira determinar o valor da causa.
Auxílio emergencial

O presidente Gilson Lemes também deferiu o pedido de prorrogação do auxílio emergencial até 28 de fevereiro de 2021, feito pela Vale para atender a população mais vulnerável, que depende do recurso. Anteriormente, o benefício estava programado para se encerrar no último dia de janeiro (31).