Produção da Aura Minerals cresce 69% no segundo trimestre

0
93
Projeto Ernesto/Pau-a-Pique localizado no Mato Grosso.

A produção acumulada em 12 meses, encerrados junho, alcançou recorde histórico de 256.673 GEO.

A Aura Minerals informou, nesta segunda (12/07), que sua produção alcançou 63.020 onças equivalentes de ouro no segundo trimestre (GEO). O resultado é 69% maior que os 37.306 GEO no mesmo período do ano passado.

No acumulado do primeiro semestre, a produção somou 129.801 GEO. Uma onça equivalente de ouro é calculada com base na conversão da produção de prata e cobre em ouro, de acordo com os preços de cada metal.

A mineradora acrescentou ainda que a produção acumulada nos últimos 12 meses, encerrados em 30 de junho, alcançou recorde histórico de 256.673 GEO.

Rodrigo Barbosa, presidente e CEO da Companhia espera uma produção ainda mais robusta no segundo semestre. “Nosso resultado trimestral demonstrou a consistência do nosso plano de crescimento e, de acordo com o planejamento de mina, o segundo semestre deverá ser mais forte, o que nos levará a um novo recorde anual de produção”, ressalta.

Sobre Aura Minerals

Aura é uma empresa focada no desenvolvimento e operação de projetos de ouro e metais básicos nas Américas. Os ativos produtores da companhia incluem a mina de ouro de San Andres em Honduras, a mina de ouro Ernesto/Pau-a-Pique no Brasil, a mina de cobre, ouro e prata de Aranzazu no México e a mina de ouro de Gold Road nos Estados Unidos. Além disso, a Companhia possui mais dois projetos de ouro no Brasil, Almas e Matupá, e um projeto de ouro na Colômbia, Tolda Fria.

 

Fonte: Aura Minerals.

 

Voltar