Trinta e três mineradores já foram resgatados após acidente em mina da Vale, no Canadá

137
39 trabalhadores estão sendo resgatados após ficarem presos em uma mina da Vale em Ontario, no Canadá - Foto: Julie Gordon / REUTERS.

39 mineiros ficaram presos no poço, que tem profundidade entre 900 e 1.200 metros, desde a tarde de domingo, após uma pá escavadeira se desprender no acesso à mina e bloquear a saída.

(ATUALIZAÇÃO) – A Vale informou por volta das 11h50 desta terça-feira (28) que 33 trabalhadores já foram resgatados da mina subterrânea Totten, no Canadá, após um acidente na tarde de domingo (26) que danificou o elevador que carrega os funcionários para dentro e para fora da mina.

Seis trabalhadores seguem presos no interior da mina após acidente que danificou sistema de transporte. Empresa afirma que previsão é que eles devem chegar à superfície ‘ainda nesta manhã’.

_______________________________________________________________________

Mais informações:

O jornal canadense Toronto Star havia informado no início da manhã desta terça-feira (28/09) que quatro dos 39 mineiros presos na mina subterrânea Totten da Vale, em Ontário, no Canadá, voltaram à superfície.

O resgate está sendo por meio de uma escada que tem 553 metros espalhados por 1.776 degraus. Os mineiros da Vale começaram a escalada na segunda-feira, por volta das 18h.

O oficial de resgate da mina informou ao jornal canadense que o tempo de subida pode levar de seis a 10 horas, a depender do nível de fadiga de cada mineiro.

Os 39 mineiros estão presos no poço, que tem profundidade entre 900 e 1.200 metros, desde a tarde de domingo, após uma pá escavadeira se desprender no acesso à mina e bloquear sua saída. Quando o resgate começou, já faziam 35 horas que os trabalhadores estavam presos.

Para ajudá-los nessa escalada, a equipe de resgate montou um sistema de ajuda extra, para que os mineiros subam com mais segurança, informou o periódico. “Temos arneses para os rapazes usarem e o que estamos fazendo é ajudá-los na evacuação, para que não caiam da escada”, disse Shawn Rideout, oficial de resgate de minas da Ontario Mine Rescue, ao jornal canadense.

O primeiro mineiro conseguiu chegar à superfície no final da noite de segunda-feira, outros três durante a madrugada de terça.

Devido a extensão da escada e a fadiga dos mineiros pela falta de sono e de comida, há paradas para descanso a cada 100 metros. “Estamos dando um passo de cada vez para garantir que todos saiam com segurança”, disse Rideout.

O acidente

O acidente na mina com a pá escavadeira aconteceu na tarde de domingo, dia 26. A Vale informou o ocorrido nesta segunda-feira. Em comunicado ao mercado, a mineradora informou que nenhum trabalhador ficou feriado e que todos estavam seguros nas estações de refúgio da mina de Totten.

A reportagem do Toronto Star afirma que os mineiros tiveram acesso a alimentos, água e remédios entregues pelas equipes de resgate. Também relata que alguns conseguiram falar com familiares por meio do sistema de comunicação na instalação.

“Todos estão bem, todos estão de bom humor, não há relatos de feridos. Nosso plano é levá-los à superfície da mesma forma”, disse Rideout ao jornal.

A mina Totten fica localizada a 35 km a oeste de Sudbury, cidade da província de Ontário, no Canadá. As operações na mina iniciaram em 2014. Cerca de 200 funcionários trabalham no local, que produziu, no primeiro semestre deste ano, 3,6 toneladas de níquel.

No entanto, desde o acidente, a produção está paralisada e a Vale ainda está avaliando as medidas necessárias para retomar as atividades.

 

Fonte: Toronto Star e Suno.

 

Voltar