Programa apoia o desenvolvimento social de comunidades voltadas para a atividade mineradora no Pará.

O programa Territórios Sustentáveis, iniciativa da Mineração Rio do Norte (MRN), foi o vencedor do 1º Prêmio Estadual de Inovação da Indústria Mineral. O resultado foi anunciado durante a XIII Feira da Indústria do Pará (FIPA), em Belém, no dia 4 de maio. O prêmio é uma ação do Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará (Simineral) e da Secretaria de Ciência Tecnologia e Educação Tecnológica do Estado do Pará (Sectet).

O Territórios Sustentáveis objetiva o desenvolvimento social de comunidades do Pará que se destacam na atividade mineradora. O programa une a iniciativa privada, o poder público e a sociedade civil em torno de quatro eixos que atuam nas comunidades de Oriximiná, Terra Santa e Faro, no oeste paraense.

Esses eixos são gestão pública, desenvolvimento econômico, capital social e gestão ambiental. Oriximiná, Terra Santa e Faro compõem a área de influência da maior produtora brasileira de bauxita.

Iniciado em 2015, o Territórios Sustentáveis tem duração prevista de 15 anos. As atividades do programa são desenvolvidas por quatro Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP): Agenda Pública, Equipe de Conservação da Amazônica (ECAM) e Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (IMAZON).

Juntos, os municípios abrangidos pelo programa formam um território com mais de 12 milhões de hectares, onde vivem 88 mil pessoas. Além da população urbana, há também agricultores, comunidades indígenas, quilombolas, ribeirinhas e colonas, que vivem nas reservas de florestas, na beira das estradas e nas margens dos rios do território.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui