Catalão recebe Centro de Tecnologia em Mineração

0
7344
Reitor da UFG, Orlando Amaral, assinando pedido de doação de área para construção do CDTM em Catalão - Foto: Divulgação

Por meio de iniciativa do Governo do Estado, centro será instalado na Universidade Federal de Goiás e pode significar avanços para a mineração do Estado.

Goiás recebeu na manhã da quarta, dia 7, a liberação para construção de um Centro de Tecnologia voltado para a mineração. A iniciativa é o do Governo do Estado, por meio da Secretária de Desenvolvimento (SED), Universidade Federal de Goiás (UFG), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg), Rede Itego e a indústria CMOC Brasil.

O objetivo da criação do Centro é apoiar o desenvolvimento tecnológico, a inovação e a sustentabilidade da produção mineral do Estado. A expectativa é que, com a iniciativa, o estado consiga se tornar mais competitivo e possa desenvolver sua atividade minerária. A ideia é que possa contribuir não apenas para o desenvolvimento acadêmico de pesquisas de mineração, como também economicamente e industrialmente.

A instituição será gerida pela UFG e construída em uma área de 15 mil metros quadrados, localizados na cidade de Catalão.

Além da doação do espaço, o Governo do Estado também irá disponibilizar os equipamentos para o centro. A edificação será realizada pela empresa de mineração CMOC Brasil. Já a condução de pesquisas, após a construção do espaço, ficará sob responsabilidade da Fapeg e da Rede Itego.

Na cerimônia de lançamento do empreendimento, foi realizado o envio do termo de doação para aprovação da Assembleia Legislativa de Goiás. Estiveram presentes o Secretário de Desenvolvimento do Estado, Francisco Pontes, do reitor da UFG, Orlando Afonso Valle do Amaral, além de autoridades municipais e empresários.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui