CPRM recebe Serviço Geológico chinês

0
2518
Foto: Divulgação/Web

Equipe permanece no Brasil até fim de setembro para definir novas etapas de cooperação técnica iniciada em 2010.

A comitiva do Centro de Pesquisa de Nanjing, vinculado ao China Geological Survey (CGS), está no Brasil até dia 25 de setembro e terá na programação a discussão das próximas etapas do acordo de cooperação técnica firmado com o Serviço Geológico do Brasil (CPRM).

Uma reunião entre as duas instituições, no último dia 15, discutiu os instrumentos legais para o desenvolvimento das atividades ligadas ao projeto Avaliação Geológica e Metalogenética Regional dos Principais Depósitos de Formações Ferríferas Bandadas no Cráton São Francisco (CSF) e Cinturões Proterozóicos Marginais Orientais, informou o CPRM.

Também foram debatidas novas propostas a serem formalizadas pelas duas instituições referentes ao laboratório colaborativo de apoio aos estudos bilaterais, ao projeto Metalogênese e Evolução Geológica dos Greenstone Belts do bloco Arqueano Gavião na parte sul da CSF, ao projeto Mapeamento de Geoquímica de Baixa Densidade no Brasil e ao Programa de Capacitação CPRM-CGS.

No mesmo dia, o diretor de Geologia e Recursos Minerais e presidente da CPRM substituto, José Carlos Garcia Ferreira, recebeu a delegação da CGS, agradecendo inicialmente o líder Prof Yao Zhongyou e a todos os membros da comitiva. Ele falou a importância da cooperação entre a CPRM e a CGS para impulsionar o conhecimento geológico da equipe da CPRM e do país.

Já o líder chinês destacou que a parceria precisa ser ampliada, levando-se em consideração que apenas um projeto bilateral está efetivamente em andamento – o projeto do CSF na área de Piatã (BA), depois de sete anos de tratativas.

Conforme informado, o projeto CSF, iniciado em 2016, conta com 1700 amostras geoquímicas coletadas e analisadas, restando 1300 a serem coletadas. Como resultados da parceria, o diretor presidente da CPRM, o DGM e o representante da área internacional devem participar do China Mining, em Tianjin, China, entre 23 e 25 de setembro deste ano.

Na reunião, ficou acordado também um Programa de Capacitação. Em outubro, profissionais do CPRM deverão ser treinados em SHRIMP, visitar depósitos minerais similares a alguns depósitos brasileiros na província de Jiangxi e realizarem em setembro um curso de geoquímica no Centro Unesco/CGS.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui