UE impõe tarifa antidumping para aço a quente

0
3390
Foto: Reprodução Web

Nacionais ArcelorMittal, Aperam, Companhia Siderúrgica Nacional, Usiminas e Gerdau devem ser afetadas pela decisão.

O aço laminado a quente do Brasil, Irã, Rússia e Ucrânia exportado para a Europa será sobretaxado. A decisão protecionista da União Europeia (UE) ocorre após queixa das siderúrgicas europeias contra os preços excessivamente baixos do aço usado para construção e maquinários.

A decisão vale a partir de sábado, quando será cobrada uma tarifa antidumping de 17,6 a 96,5 euros (20,6 a 112,8 dólares) por tonelada.

Para as empresas brasileiras, devem recair taxas entre 53,4 e 63 euros por tonelada. As nacionais ArcelorMittal, Aperam, Companhia Siderúrgica Nacional, Usiminas e Gerdau serão afetadas pela decisão.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui