Vale vende projeto de níquel e cobalto por US$ 8 milhões

0
5438
Horizonte Minerals já conta com um projeto de extração de níquel no Brasil, o Araguaia. Foto: Divulgação/ Horizonte Minerals.

A compradora, Horizonte Minerals, pretende obter mais US$ 11,4 milhões com oferta de ações para financiar o funcionamento do projeto Vermelho.

A mineradora Horizonte Minerals informou, na última terça-feira (19), ter comprado o projeto Vermelho, da Vale, por US$ 8 milhões. Com a negociação, a empresa adquiriu todos os direitos sobre a planta e os dados do estudo de viabilidade desenvolvido previamente pela antiga dona.

A companhia afirmou que para poder financiar o projeto, focado na extração de cobalto e níquel, planeja levantar até 8,5 milhões de libras (US$ 11,4 milhões) por meio da oferta de ações no Reino Unido e no Canadá.

Para alcançar esse valor, a empresa informou, em nota, que irá emitir 200 milhões de novas ações no Reino Unido cada uma a 3,5 pence, para conseguir levantar 7 milhões de libras. No Canadá, o objetivo é mais 1,5 milhão de libras, por redistribuição interna de 42,9 milhões de ações.

O projeto Vermelho abrange uma área de 2 mil hectares e está localizado no estado do Pará. Segundo pesquisas de viabilidade da Vale, a planta conta com uma capacidade produtiva de 46 mil toneladas de níquel e de 2.500 toneladas de cobalto por ano.

“O estudo de viabilidade desenvolvido pela Vale incluiu um trabalho de teste metalúrgico de cinco anos e um programa de planta piloto que forneceu taxas de extração de lixiviação média de níquel e cobalto de 96%. O estudo de viabilidade mostrou capacidade de produção de 46 mil toneladas/ ano (“tpa”) de níquel metálico e 2.500 tpa de cobalto metálico, com uma expectativa de vida útil de 40 anos”, afirmou a empresa por meio de nota.

Segundo a Horizonte, o projeto fica a cerca de 85 km de outro obtido pela companhia, o Araguaia.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui