A próxima rodada de partilha deve ocorrer em junho deste ano.

A Petrobras terá direito de preferência para atuar como operadora nos blocos do pré-sal, durante a 4ª Rodada de Partilha da Produção. A decisão foi divulgada nesta semana pelo Conselho Nacional de Política Energética (CNPE).

A resolução determina que o edital da rodada deverá indicar que a participação obrigatória da empresa como operadora ocorrerá com 30% nas áreas de Dois Irmãos, Três Marias e Uirapuru.

Se a participação da Petrobras for confirmada, ela deverá pagar um total de R$ 945 milhões em títulos de bônus de assinatura ao governo.

De acordo com informações do Ministério de Minas e Energia, a 4ª Rodada está prevista para ser realizada no dia 7 de junho e irá oferecer, além das áreas já citadas, as de Itaimbezinho e Saturno, nas bacias de Campos e Santos. O bônus de assinatura dessas cinco áreas deve chegar a um total de R$ 4,65 bilhões.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui