Mais de 30 mil pessoas solicitaram indenizações da Samarco

0
4867
Solicitante é atendido durante cadastro. Foto: Gustavo Baxter/ NITRO.

Os impactados se cadastraram e terão seus casos analisados para recebimento de indenização, quando aplicável.

Foi encerrado o processo para que os impactados pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG) solicitassem o Cadastro Integrado, para serem indenizados em virtude dos prejuízos sofridos.

De acordo com a Fundação Renova, criada após a assinatura de um termo de ajustamento de conduta pela Samarco e suas acionistas, Vale e BHP, com os órgãos governamentais, 30.227 solicitações foram registradas. Destas, mais de 22 mil já passaram pelo processo de cadastramento nas Primeira e Segunda Campanhas.

Segundo a entidade, a partir do cadastro serão analisados todos os casos das pessoas que se consideram impactadas pelo rompimento. A partir daí, será definido quem irá receber a indenização. As novas solicitações serão atendidas durante a campanha final, que se encerra no dia 30 de junho.

“Durante a análise dos pedidos, a Renova vai considerar danos diretos em bens materiais ou em atividades econômicas; perda (por morte ou por desaparecimento) de familiares com graus de parentesco diversos ou de pessoas com as quais coabitavam e/ou mantinham relação de dependência econômica; perda de fontes de renda (de trabalho ou de subsistência das quais há dependência econômica) em virtude da ruptura do vínculo com áreas atingidas; perda comprovada de áreas de exercício da atividade pesqueira e dos recursos e extrativos, inviabilizando a atividade extrativa ou produtiva; perda da capacidade produtiva ou da viabilidade de uso de bem imóvel ou de parte dele, entre outros”, informou a Fundação, por meio de nota.

Ainda segundo a Renova, durante o processo serão realizadas visitas locais, entrevistas, preenchimento de formulários e encaminhamento de cada caso para os programas de reparação. O atendimento às famílias será individualizado e, em alguns casos, uma mesma família poderá ser indenizada por mais de um motivo.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui