Informação foi publicada pelo presidente em sua conta no Twitter.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, informou na última quarta-feira (7) que a China foi convidada a desenvolver um plano para reduzir o seu superávit comercial com o país.

Segundo informações da agência de notícias Reuters, o presidente está pressionando para implementar promessas de campanha de endurecimento da posição americana no comercio. Antes, ele havia anunciado que planejava impor tarifas altas sobre as importações de aço e alumínio.

O movimento foi recebido com preocupação dentro do país norte-americano e no exterior quase desencadeou uma guerra comercial global. Alguns críticos ressaltaram que a proposta não se concentrou o bastante na China.

Trump escreveu no Twitter: “A China foi convidada a desenvolver um plano para o ano de uma redução de um milhão de dólares em seu enorme déficit comercial com os EUA, estamos ansiosos para ver quais ideias eles apresentarão”.

A China registrou um superávit comercial de bens recorde com os EUA no ano passado de US$ 375,2 bilhões.

 

Com informações da Reuters.

*Sob supervisão de Sara Lira

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui