Dados se referem ao primeiro bimestre do ano. Crescimento é em comparação com o mesmo período de 2017.

O ano para o setor siderúrgico já começa com boas notícias. De acordo com dados divulgados nesta terça-feira (20) pelo Instituto Aço Brasil, entidade que representa o setor, a produção nacional de aço bruto foi de 5,6 milhões de toneladas nos dois primeiros meses do ano. O volume é 3,3% superior ao mesmo período do ano passado.

Já a produção de laminados cresceu 6,8% em relação à mesma época de 2017, com um total de 5,6 milhões de toneladas, contra 3,7 milhões de toneladas no ano anterior. A de semiacabados para vendas totalizou 1,5 milhão de toneladas, o que representa um aumento de 3,7% no comparativo com 2017.

Comercialização

Em janeiro e em fevereiro as vendas internas foram de 2,8 milhões de toneladas, elevação de 14,3% em relação ao mesmo período de 2017. Já o consumo aparente nacional de produtos siderúrgicos foi de 3,2 milhões de toneladas no primeiro bimestre, crescimento de 12,3%.

As importações também apresentaram alta de 1,4%, com um total de 375 mil toneladas, com negociações que chegaram a US$ 422 milhões. A valor é 37,9% em relação ao mesmo período do ano passado.

No entanto, as exportações caíram 2,1% em volume, com 2,4 milhões de toneladas. Em valores elas cresceram 25%, totalizando US$ 1,4 bilhão.

Produção de fevereiro

O segundo mês do ano fechou com a produção de aço bruto em 2,7 milhões de toneladas, volume 5,5% superior em relação ao mesmo mês de 2017. A de laminados foi de 1,8 milhão de toneladas, 7,5% a mais; e a de semiacabados para vendas, de 698 mil toneladas, 2,2% de crescimento.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui