Empresa divulgou primeiro resultado trimestral do ano nesta quarta-feira (9).

A Gerdau apresentou um lucro líquido ajustado de R$ 451 milhões no primeiro semestre de 2018, o que possibilitou a distribuição de dividendos de R$ 136,1 milhões, o equivalente ao distribuído ao longo de 2017.

Já os lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) da empresa foi de R$ 1,5 milhão no primeiro semestre deste ano, sendo 74% maior se comparado ao mesmo período do ano passado, com margem Ebitda de 14,3%. A redução nas despesas com vendas, gerais e administrativas representou 4% da receita líquida, comparado com 5,2% no primeiro trimestre de 2017.

Resultados operacionais

A produção de aço no primeiro trimestre de 2018 teve um aumento de 5,5% em comparação com o quarto trimestre de 2017. As vendas do produto subiram 2,6% em comparação com o trimestre anterior. De acordo com a empresa, esse crescimento é devido a uma maior demanda por aço para as operações de negócios no Brasil, América do Norte e Aços Especiais.

Dividendos

A Gerdau aprovou o pagamento de dividendos, sob a forma de juros sobre capital próprio de R$ 136,1 milhões no primeiro trimestre deste ano, distribuídos como antecipação do dividendo mínimo obrigatório estipulado no Estatuto Social.

De acordo com o relatório, a data do pagamento foi para 1º de junho de 2018, a data base em posição de ações em 21 de maio de 2018 e a data de ex-dividendos para 22 de maio de 2018.

Fluxo de caixa livre

A siderúrgica relatou que o fluxo de caixa livre foi de R$ 65 milhões decorrente do Ebitda ajustado. “Isso foi suficiente para honrar os compromissos de Capex, imposto de renda e juros e consumo de capital de giro, revertendo um padrão histórico de sazonalidade no período”, informou a Gerdau no relatório.

Investimentos

Os investimentos em Capex somaram R$ 217 milhões. Do valor total desembolsado no trimestre, 43,4% foram destinados para as operações no Brasil, 36,7% para as operações na América do Norte, 15,4% para as operações em Aços Especiais e 4,5% para as operações América do Sul.

Para este ano, a previsão de desembolso de Capex é de R$ 1,2 bilhão, com foco em melhoria de produtividade e manutenção.

*Sob supervisão de Sara Lira

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui