Resultado ocorre em meio a cortes de produção com o propósito de reduzir a poluição no país.

Os contratos futuros do aço na China subiram para uma máxima de duas semanas nesta segunda-feira (10). O preço do vergalhão de aço na bolsa de Xangai, para entrega em janeiro, chegou a subir 4.299 iuanes por tonelada, o equivalente a US$ 627. Esse é o maior nível desde 27 de agosto, antes de fechar com alta de 1,8%, a 4.284 iuanes.

De acordo com informações da agência de notícias Reuters, o resultado ocorreu no terceiro dia seguido de ganhos, em meio a medidas restritivas de produção com objetivo de reduzir a poluição principalmente em Tangshan, maior cidade produtora do país.

O município vai prorrogar os cortes até setembro nos setores de aço, coque e energia elétrica. A ação vem antes do inverno, quando a produção nas usinas no norte da China deve ser cortada pelo segundo ano consecutivo como parte da luta do país contra a poluição.

Já o minério de ferro na bolsa de Dalian caiu 0,7%, para 497,50 iuanes por tonelada, nesta segunda-feira (10).

Com informações da Reuters.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui