Empresa planeja investir até R$ 2 milhões nos projetos selecionados. Inscrições vão até o dia 15 de outubro.

A ArcelorMittal vai selecionar projetos de inovação que levantem soluções para otimizar os finos de carvão vegetal na cadeia de produção do aço da companhia no Brasil. As inscrições do “Desafio Carvão Vegetal Sustentável”, foram abertas nesta segunda-feira (10) e vão até o dia 15 de outubro.

De acordo com informações divulgadas pela empresa, o processo faz parte do Edital de Inovação para a Indústria, iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), do Serviço Social da Indústria (Sesi) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

A proposta é que as empresas desenvolvam soluções em, pelo menos, uma das frentes: atuação nas variáveis do processo para redução da geração de finos; aumento da confiabilidade na medição de finos; e uso dos finos para a criação de coprodutos de maior valor agregado.

Os finos são um coproduto da produção do aço, que é originado da degradação do carvão vegetal ao longo do processo até o abastecimento dos alto-fornos. A cada 100 toneladas de carvão vegetal produzido, cerca de 30 toneladas de fino são geradas, o que representa perda econômica e impactos sobre o meio ambiente.

Não é possível utilizar esses finos nos alto-fornos, por isso, eles são revendidos como um resíduo de menor valor agregado.

“Os finos de carvão representam um desperdício não somente para a companhia, mas também para o meio ambiente, pois elevam o custo de produção do ferro-gusa, geram perda de competitividade, impactos ambientais, perda de performance e riscos operacionais nos alto-fornos”, afirma o gerente-geral de Inovação e Desenvolvimento de Novos Negócios da ArcelorMittal Aços Longos, Rodrigo Carazolli.

Processo

Os projetos inscritos serão avaliados por especialistas da ArcelorMittal Brasil e do Senai e irão selecionar até oito startups. Cada proposta receberá o valor de R$ 250 mil e deverá ser desenvolvido em até seis meses.

Os interessados podem se inscrever no site do programa, clicando aqui. No espaço também é possível encontrar o edital e outras informações sobre a seleção.

O desafio proposto pela ArcelorMittal é uma das primeiras iniciativas a serem lançadas pelo Açolab, espaço de inovação criado pela companhia em julho.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui