Dados foram divulgados no balanço mensal do Instituto Aço Brasil.

A produção brasileira de aço bruto caiu 3,7% em agosto na comparação com o mesmo mês de 2017, com 2,8 milhões de toneladas. O balanço mensal foi divulgado nesta segunda-feira (24) pelo Instituto Aço Brasil, entidade representativa do setor. Segundo o documento, a produção de laminados também caiu, chegando a 1,9 milhão de toneladas, 4,2% a menos na mesma base comparativa.

Já a produção de semiacabados para vendas cresceu 1%, totalizando 881 mil toneladas. As vendas internas também aumentaram, atingindo 1,7 milhão de toneladas, 9,2% a mais do que em agosto do ano passado.

O consumo aparente de produtos siderúrgicos foi de 1,9 milhão de toneladas, 11,4% a mais do que no mesmo mês de 2017. As importações de agosto foram de 246 mil toneladas e US$ 251 milhões, alta de 28,8% na quantidade e de 20,1% em valor.

Os dados de exportação não foram informados pelo Aço Brasil devido ao início da utilização do Portal Único de Comércio Exterior no segundo semestre e, até adaptação do sistema podem ocorrer alterações no levantamento.

Acumulado do ano

De janeiro a agosto, a produção de aço bruto no Brasil foi de 23,1 milhões de toneladas, o que representa um crescimento de 2,5% em relação ao mesmo período do ano passado. A de laminados no mesmo período foi de 15,4 milhões de toneladas, um aumento de 4,8% comparado a 2017.

A produção de semiacabados para vendas foi de 6,5 milhões de toneladas, o que representa um aumento de 4,5% na mesma base comparativa. As vendas internas foram de 12,2 milhões de toneladas até agosto.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui