Mercado aponta esperança em permanência de Temer

0
2892
Julgamento da chapa Dilme/Temer no TSE -Foto: Fábio R. - Pozzebom / ABR

Enquanto índice diário fechou em queda, Ibovespa Futuro opera em alta; Expectativa é que Temer permaneça no cargo.

Em sua reta final o julgamento da chapa Dilma-Temer já influencia o Ibovespa Futuro positivamente com a expectativa de Temer permanecer no cargo. Com isso, o mercado espera que o presidente em posse continue as reformas estruturais iniciadas com foco na recuperação econômica do país. Às 9h25 de hoje (9), o índice operava em alta de 0,45%, com 63.050 pontos.

O mesmo tipo de reação foi verificado no último dia 18, devido à delação bomba da JBS envolvendo o presidente Temer e os senadores Aécio Neves e Zezé Perrella. Na ocasião, o índice registrou queda de 10%, entrando por isso no primeiro circuit breaker desde 2008.

Já a alta do Ibovespa Futuro nessa manhã acontece em paralelo à queda do índice diário com investidores aguardando o desfecho do julgamento no TSE para darem continuidade às negociações. Na tarde de ontem (8), o Ibovespa encerrou o pregão com giro financeiro de R$ 4,9 bilhões, valor abaixo da média diária do ano, que é de R$ 6,3 bilhões. A baixa do dia foi de 0,66%, com 62.756 pontos.

As áreas de mineração, puxada pela Vale e siderurgia registraram as maiores altas repercutindo os dados econômicos chineses que preveem a continuidade do crescimento do país e respectiva demanda por aço.

Em solo nacional, dados divulgados pela Fundação Getulio Vargas por meio do Indicador de Intenção de Investimentos da Indústria mostram boa perspectiva da indústria. O índice avançou 7,9 pontos no segundo trimestre deste ano, na comparação com o trimestre anterior. O indicador atingiu o maior patamar desde o terceiro trimestre de 2014 (109,3 pontos), com 107,9 pontos, em uma escala de zero a 200.