Ação é relacionada a perfuração da sonda Ensco DS-5.

A Petrobras e a fornecedora Ensco assinaram acordo para encerrar uma disputa arbitral, relacionada a contrato de serviços de perfuração da sonda Ensco DS-5. De acordo com informações divulgadas pela estatal brasileira nesta quinta-feira (16), a empresa passa a poder participar novamente de licitações.

“As partes acordaram sobre a normalização de suas relações comerciais, permitindo à Ensco participar tanto nas licitações da Petrobras em curso como nas contratações futuras, nas mesmas condições das demais empresas participantes”, informou, por meio de nota. Além disso, o acordo prevê que nenhum pagamento será feito pelas companhias.

A DS-5 foi afretada pela Petrobras em 2008, quando a sonda pertencia a Pride International, empresa com sede em Londres adquirida pela Ensco em 2011.

De acordo com informações da agência de notícias Reuters, o contrato foi encerrado em 2016 pela Petrobras, que alegou irregularidades na contratação, durante investigações da operação Lava Jato, da Polícia Federal.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui