Com as liberações, mineradora irá iniciar atividades de adaptação na cava Alegria Sul para substituir barragem de rejeitos; mineradora ainda aguarda outras licenças para voltar a explorar.

Nessa segunda-feira (11), a mineradora Samarco conseguiu as licenças prévia e de instalação da cava Alegria Sul, localizada no complexo Germano em Mariana, Minas Gerais. As permissões são as primeiras a serem concedidas pelas autoridades ambientais de Minas Gerais após o rompimento da barragem de Fundão.

Conforme informado pela Revista Mineração, a cava Alegria Sul já existe, mas receberá uma nova estrutura para receber depósitos de rejeito. A intenção da empresa é destinar os resíduos de minério na cava, localizada próximo ao complexo de Mariana. Com a filtragem, a água será separada do rejeito e esse, por sua vez, poderá ser empilhado corretamente. O processo irá contar, ainda, com adensamento de lama, que também retira água do rejeito e o deixa com um volume menor, para poder ser destinado à cava, que irá substituir as barragens.

Agora, com as licenças obtidas, a mineradora irá começar a etapa de adaptação da cava, porém ainda irá depender de outras licenças de operação para retomar, gradualmente, as atividades de exploração.

As licenças prévia e de instalação foram aprovadas por 11 votos a 1 dos conselheiros do Conselho Estadual de Política Ambiental (Copam) de Minas Gerais. Ainda não há previsão de liberação para as outras licenças

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui