Medida ocorreu devido à baixa produção de bauxita na operação da Alunorte, que funciona com 50% da capacidade por determinação da Semas após vazamento de rejeitos.

A Hydro em Paragominas (PA) anunciou nesta quinta-feira (15) férias coletivas de quinze dias para 400 funcionários a partir do dia 2 de abril, devido à baixa produção de bauxita.

A mineradora em Paragominas é responsável por fornecer o minério para a refinaria Alunorte, que obteve corte de 50% de sua produção devido ao transbordamento de rejeitos do dia 17 de fevereiro. O corte foi determinado pela Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (Semas) no dia 27 de fevereiro.

A decisão já foi comunicada ao Ministério do Trabalho e Emprego e ao Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Extrativistas dos Estados do Amapá e Pará (STIEAPA).

A Hydro é proprietária integral da Mineração Paragominas, que começou as operações em 2007 e emprega aproximadamente 1.450 pessoas.

Relatório

Também nesta semana a Hydro divulgou dados preliminares análises da força-tarefa interna da empresa para averiguar o incidente. De acordo com a companhia, foi constatado que houve descarga de água dos alagamentos adjacentes aos depósitos de águas residuais no canal aberto interno de drenagem, chamado de Canal Velho, além das descargas de água já mencionadas. No entanto a empresa continua sustentando que não houve vazamentos ou transbordamento das áreas de depósito de resíduos de bauxita.

 

 

*Sob supervisão de Sara Lira

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui