Empresa pede desculpas pelo ocorrido e afirma estar buscando soluções para resolver o problema.

A Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) no Pará notificou a Hydro Alunorte por novo vazamento de água pluvial não tratada no rio de Barcarena (PA), que pode carregar poeira da área da fábrica, onde existe grande circulação de caminhões e operação de maquinário industrial. A notificação foi na semana passada, no dia 15, mas só foi divulgada pela pasta no domingo (18).

Com esta infração, já são oito ações semelhantes que a Semas moveu contra a mineradora depois de um vazamento de rejeitos no mês passado, dentre elas a redução de 50% da produção e o embargamento de uma das bacias de rejeitos, a DSR2.

O órgão, durante uma das fiscalizações, identificou um duto irregular e sem autorização que estaria lançando água pluvial da planta industrial diretamente para o ambiente externo sem o devido tratamento.

Segundo a secretaria “Ainda que não seja resíduo direto da produção da indústria, que transforma bauxita em alumina, também este volume de água precisa ser tratado, uma vez que a água da chuva que estava sendo lançada acabava levando poeira da área de operação chão da fábrica”.

Resposta

O presidente e CEO da Hydro, Svein Richard Brandtzaeg, se retratou em nome da empresa pelo acontecido. “Nós descartamos água de chuva e da superfície da refinaria não tratadas no rio Pará. Isso é completamente inaceitável e contraria o que a Hydro acredita. Em nome da companhia, pessoalmente peço desculpas às comunidades, às autoridades e à sociedade. Isso ressalta a importância de uma revisão completa da Alunorte, incluindo interfaces da operação com áreas adjacentes e a situação de licenciamento da planta para verificar o cumprimento integral das licenças. Precisamos do entendimento total para que possamos implementar as ações necessárias ”

A Hydro comunicou que após revisão interna a água descartada pode conter hidrato. Essa saída de água já foi tampada e a mineradora trabalha para encontrar a melhor solução para fechar a conexão com a área de armazenamento de hidrato.

*Sob supervisão de Sara Lira

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui